quinta-feira, 25 de junho de 2015

MEDO DE SEGUIR

MEDO DE SEGUIR

 

-  Não vês, meu filho,  o nascer da aurora
Que arrebenta acolá ao clarim em festa,
Que o futuro te espera com orquestra
A te implorar que sigas sem demora?!

-Longa e distante, a estrada se desdobra
E se reveste de aspereza e de espinhos!
-Mas tens por opção todos os caminhos
Que Deus te oferece como manobra.

-Meu pai, será difícil e tenho medo,
Mesquinha força ...  Não posso, não sou forte
E me entrego... prefiro esperar  a morte.

-Vai, bebe algumas gotas deste veneno,
Te fará bem, confortando teus sentidos,
Um antídoto para todo os  vencidos.

Egê- sp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: