quarta-feira, 1 de abril de 2015

LUA PÁLIDA

LUA PÁLIDA
Com receio de ser pálida, a lua
desconfiada passeia silenciosa
por noites, tão bela e formosa
dentre estrelas, solteira e nua.

Não mostra seu escuro lado,
Somente a face clara e bela,
Não é tão pálida, nem amarela;
Revérbero de um sol doirado.

Egê-sp


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: