quinta-feira, 7 de agosto de 2014

O FILHO PRÓDIGO

FILHO PRÓDIGO
Um Conto

-A bença paim!
-Deus te bençôe meu fi, respondeu o velho fazendeiro Bruno Valadares ali sentado na varanda.
- Num tá me reconhecendo, meu Véi? Perguntou o recém chegado.
- Tô não! Afinal, quem é tu?
- Seu fi Jônatas!
- Meu fi, meu fi, num pode sê ocê não! Quantos ano meu fi! Ucê esqueceu de nós!
    Depois de algum tempo o velho Bruno arregala os olhos ao perceber do quanto o tempo foi-lhe grato ao saber que já tinha tantos netos; quinze a mais que os demais que conhecia. Foi para ele uma grata surpresa, pois Jônatas havia de sua casa partido há décadas e retornado já calvo e amadurecido.
 - Então meu fi, você me deu quinze netos?
 - Tô te dizendo, Paim!
-  Isso é que chamo de “explosão demográfica”, respondeu o velho Bruno, chorando de contentamento.


egê- sp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: