quarta-feira, 6 de agosto de 2014

HISTÓRIA DE AMOR

HISTÓRIA DE AMOR

Entre as folhas de um caderno encontrei
Uma história de amor em pétala morta,
de uma margarida que deixei em tua porta,
Fosse a mesma neste caderno...imaginei


Pétala de uma flor, lembrança perfumada
De um curto, doce romance que teve um fim,
Ali deixei para que te lembasses de mim,
Quando por outro fosses talvez amada.

Mas não! Aquela pétala tão bem guardaste
Entre os poemas que para ti eu escrevi
No mesmo caderno que agora me enviaste.

 Amavas-me...contestar-te não me atrevo!
Perdoa-me! Margaridas, outras te enviarei,
E junto a elas, outros poemas que te escrevo.

de egê – SP
para o livro poeira e flor vol II


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: