sexta-feira, 11 de julho de 2014

MOMENTO

MOMENTOS de uma meretriz- trecho do conto "Não era de vidro aquele olhar"
do livro Poeira e Flor
   
    A prostituta, as pressas, rebola pela esma rua,,, o ébrio gigolô a chama,
 e enciumado a segue desvergonhado;
Cobra-lhe postura, toma-lhe algum trocado e com voz cheia de misteriosa ternura ela o abraça e o chama de meu amor, tascando-lhe nos lábios sumosos um beijo demorado.
   Ele se move lentamente e senta na calçada e ela segue graciosamente a procura de outros pares que desejem seus pecados, até o limite inatingível para seu impulsivo desejo de meretriz mal amada.
De egê – SP
do livro poeira e flor vol II



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: