domingo, 20 de outubro de 2013

ENTRE VERSOS E CARÊNCIAS

ENTRE VERSOS E CARÊNCIAS

Planeei em sonhos um novo amor,
Um novo tempo, uma nova vida,
Propícios ao contágio da paixão,
No meu coração ainda adormecida.

Perdi amores por não saber amar...
Por não entender dores de ciúmes,
Por me perder em meus desalinhos;
Por outros ninhos, outros perfumes.

Trarei, de alegria, meu sorriso pronto,
Dar-te-ei os meus, docemente, versos
De fragrâncias, extraídas do teu olhar !

Minha musa serás em todos os poemas,
Te convoco a tocares as trêmulas cordas
Do meu coração que não deseja parar.

Do livro poeira e flor vol II


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: