quarta-feira, 18 de setembro de 2013

SAUDADE

  1. SAUDADE

    Saudade, braços estendidos
    Que me alcançam onde estiver
    Saudade que meu peito inunda
    por causa de uma mulher

    Saudade, que viva pousa
    Na alma de alguém magoado,
    É uma saudade a mais...
    Em meu peito machucado.

    Saudade eu tive de mais,
    De menos tive também,
    Todavia,é cruel levar a vida
    Sem ter saudade de alguém.

    Do livro poeira e flor vol II

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: