sexta-feira, 30 de agosto de 2013

CHORO DE AUSENCIA...vejo a crer nestes ciúmes tuas mentiras...

CHORO TUA AUSÊNCIA

Vejo a crer nestes ciúmes tuas mentiras,
A minha ira em perder-te aos pouquinhos...
Nunca falaste das saudades que sentias...
Eu chorando pela falta de teus carinhos.

Minhas juras de amar-te eternamente,
Tuas promessas de amar-me até o fim...
Foi a distância que levou os nossos sonhos,
Ou outro alguém  que te fez esquecer de mim?

Vives distante reclamando minha ausência,
Não tanto como fizeste tempos atrás,
vejo a crer em ti saudades de menos,
Enquanto eu, saudades sinto de mais.

Do livro poeira e flor  vol II


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: