quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

RETICÊNCIAS...não! não ouse buscar


RETICÊNCIAS.............................................
NÃO! NÃO  OUSE  BUSCAR LEMBRANÇAS ANTIGAS
NOS  SEIXOS MANCHADOS DE ANTIGAS PAIXÕES,
NÃO REBUSQUE SAUDADES DE MOMENTOS QUEDADOS
NAS REENTRÂNCIAS FERIDAS DE NOSSAS ILUSÕES

O TEMPO PASSOU! NÃO QUEREMOS LEMBRAR
 DAS RETICÊNCIAS DOIRADAS EM TEMPOS RISONHOS,
RESPINGOS DE ESTRELAS DE NOSSAS ALVORADAS,
GIRÂNDOLAS PIROTÉCNICAS PINTADAS DE SONHOS.

NÃO RARO O TEMPO, TÃO JUSTO E IMPLACÁVEL
ORGULHOS DERRUI...FORMOSURAS AFEIA!
DE EFÊMERA BELEZA ENCARQUILHADAS FEIÇÕES,
 ESMEROS DE SONHOS EM GRUMOS DE AREIA.


VIVAMOS  O MOMENTO DE NOVAS EMOÇÕES,
OLHOS NOS OLHOS, EMBEBIDOS EM DOÇURAS...
GRAMINHANDO VEREDAS DE UM NOVO HORIZONTE,
NUM GALOPE SEM RÉDEAS DE NOSSAS AVENTURAS.

NÃO! NÃO OUSE DIZER-ME UMA SÓ DOCE PALAVRA
SOU SEU O ABRAÇO PARA AS SUAS CARÊNCIAS,
O SILENCIO TALVEZ SEJA A MELHOR RESPOSTA
PARA QUANTAS PERGUNTAS E TANTAS RETICÊNCIAS...

Do livro Poeira e flor vol II

2 comentários:

  1. Lindo demais! Realmente, muitas vezes o silêncio é a melhor resposta.
    Um grande abraço! .

    ResponderExcluir
  2. Oi Luciana! brigadão pelo comentário. volte sempre, né?!

    ResponderExcluir

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: