quinta-feira, 4 de outubro de 2012

ESSE SER CHAMADO MULHER...

Como falar desse ser que chamamos de supremo, onde a beleza se faz majestade e em que a divina singularidade se expressa em um talento majestoso e que de repente aflora? Um ser único, de sorriso verdadeiro e alma pura e graciosa...que compreende como ninguém a marcha da humanidade, e que jamais, em tempo algum em seu coração acalenta o ódio?! E cada dia é sempre um novo recomeço e a música sua eterna companheira?!
   Como falar desse ser insubstituível, amável, dócil, sensível e que muitas vezes mistura ao sorriso,  lágrimas de choro incontido; entre juras eternas ou sob a dor do parto?!
    Como falar desse ser que tanto nos encanta , nos domina?!
    Como falar desse ser que chamo de divino, se sou apenas um simples mortal?
    Como falar desse ser sem limites para sorrir, sem limites para sonhar, sem limites para viver, sem limites para amar? Pronto para a guerra, pronto para a paz,pronto para o altar? Esse ser que mesmo no meio de mil tormentas consegue sonhar e ter um momento de luz, ter humildade para recomeçar, sabedoria para seguir em frente, ser o ponto de equilíbrio no momento da turbulenca e ser a referencia de todos os caminhos!
    Esse ser que nos leva a loucura e aos porquês e que nós homens por ele nos curvamos, nos apaixonamos e rendemos nossas homenagens. Esse ser maravilhoso que respeitosamente chamamos de MULHER!

do livro poeira e Flor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: