domingo, 16 de setembro de 2012

COISAS...nesse olhar, um estado de sentimento...



COISAS DE AMOR

Nesse olhar, um estado de sentimento,
Um sorriso triste, transbordando uma dor...
Preso a sonhos impossíveis de esquecer...
Vãs tentativas na reconquista do amor!

Implacável é o tempo, esperas dizima...
As estações, uma a uma, se esvaecem,
 No cárcere da memória, lembranças
Trancadas... que nunca se esquecem.

Se se foi e não voltou, não lhe pertence
Esse amor...não é sua essa dor! E se for?
-Antídotos há.

Do livro poeira e flor vol II

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: