quarta-feira, 22 de agosto de 2012

DANÇA DOS GIRASSÓIS--- RÚSSIA...nos mares...


...

Nos mares deixando meus sonhos de seda 
Às curvas do vento, esquecendo o passado...
De outros mares, com as procelas dançando,
Ungindo-me da  magia de um céu prateado.

Enfunar as velas de minhas doces incertezas,
Cruzar as fronteiras de minhas imaginações,
Versejar as doçuras de povos  já cantadas
Nas linhas do tempo, em melífluas canções.

Páginas viradas de sentimentos grafados
Nas  linhas suaves em meu rosto esquecido,
Ressumando saudades  em grumos no chão,
Atos derradeiros  de um passado derruído.

Da sagrada terra dos balés, polkas e kalinkas,
Da sopilka e do donra,  quero sentir o som...
Ao ritmo do búben ...à melodia do gusli,
Sorver o perfumado hálito de um acordeon. (bayan)

Ungir-me de bênçãos do Pássaro de fogo,
Agraciar-me com suas penas...divinas magias.
Dos czares a taça... mais uma dose  de vodka,
Extraída do néctar de suas doces eufonias.

Tentando plantar as lembranças esquecidas
Em recônditos algures, em seus arrebóis...
Inspirar-me nas canções de novos amores,
Bailar com as flores de seus  girassóis.


============================================================

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: