segunda-feira, 28 de maio de 2012

FUGAZ ---se tão depressa de meu olhar...

Se tão depressa de meu olhar se esquiva, furtiva se vai tão doce mulher. Foge ao deixar marcas latentes num coração doente...fremente de amor! Segue soberba, traça

caminhos, rabisca emoções...seduz e corações aquenta, excita ...é gostosa de se querer...é bonita e é mulher. Que me contagia, me fragiliza e me envolve no tempero dessa magia.


escrito e reg em 2008.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: