sábado, 26 de maio de 2012

DESPEDIDA... teu destino, criaste-o tu

DESPEDIDA.
Deu-te Deus todos os caminhos quando aqui chegaste, todavia, o teu destino, criaste-o tu. Moldaste a tua história e a tua vida, escolheste o teu estilo de vida e teu par... tua veste e tua fé. Teus, foram os sonhos e as incertezas, as tuas vaidades... teu altar! Erraste como tantos ao manifestares... heroísmo... quando o silêncio seria a melhor resposta.
Agraciaste-nos a todos quando nasceste, entre aplausos, sorrisos, flores e presentes...e tu choravas... chorinho de criança! Feliz, viveste entre nós a sorrir e a brincar.
Incurável , essa maldita enfermidade te alcançou e ainda bem jovem estás a partir..o teu silêncio e o teu sorriso os levarás, enquanto todos ficaremos a chorar a tua ausência.


escrita e reg. em 2010

Um comentário:

  1. Helvercio, tenho uma amiga que quer muito a íntegra do seu poema "Flor de Manacá, mas eu não consigo encontrar na internet e eu queria tanto ajudá-la...

    ResponderExcluir

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: