quinta-feira, 19 de abril de 2012

O QUE LEVAMOS...do tempo decrépito

E o que levamos... ...Do tempo decrépito...o poder de contemplar! ...De descobrir que a quem desonre e não respeite o pratear dos fios, ou não terá tempo em terra para descobrir o dom de caminhar sem medo e com amor, pois dos infortúnios se fazem histórias... Ou levará vida aburrinhada, contida em rugas e pudores, num cárcere sim! ...Vivendo em desamor, sem origem... ...sem contos... No desejo de memórias que escravizam, definham! Destino de todos! Obra de Deus Também! À todos condena... Ação do tempo...vezes amigo, vezes inimigo... (A flor lilás...feliz por postar novamente! Abraço meu querido! Aprendo muito, muito, muito com você. Vivo mais e intensamente após seus ensinamentos. Sou sua fã! Você que é pra mim, meio bruxo, meio mestre.)

texto de Andressa, a Flor Lilás. Adoro o que você escreve, seja benvinda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: