sábado, 24 de março de 2012

MOMENTOS- SONHO DE DONZELA- sorridente, despertou-se


Sorridente, despertou-se envaidecida. Pôs nos cabelos uma flor branca e se achou mais bela. Solitária, debutou... sua primeira dança.  Uma donzela. Trompete dourado de sua imaginação tocava sentimentos, eloquente. Debruçada nos braços de seus momentos, sonhou! Sonho de fada...encantamentos, eufonias. Levitou. Disparados, dóceis corcéis, brancos da nevasca, puxavam a carruagem...um príncipe encantador estendeu-lhe a mão e se curvou em saudação. A dois, seguiram, ao vento que os conduziu ao castelo de seus sonhos. Acordou-se! Neviscava. Lá fora  a mansuetude do branco e apenas rastros dos corcéis e da carruagem.

escrito e registrado em dezembro de 2010. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: