sexta-feira, 2 de setembro de 2011

TIÇÃO DE FOGO...vista blusa de decotada

Vista blusa decotada
Vista chita, vista cetim...
Use ruge e pó de arroz,
Um curto casaco de brim,
Querendo, dispense a anágua,
Prove que gosta de mim.

Vestido curto já é moda,
E já se usa mini-saia,
No pescoço lenço de seda,
Para os pés, branca sandália,
Água de cheiro no pescoço,
Uma blusa de cambraia.

A fogueira está queimando
Rufe firme este pandeiro...
Vou dançar com meu amor
Noite toda no terreiro,
Poeira vai levantando
Puxe o fole sanfoneiro.

Meu amor nunca se cansa
De dançar comigo não...
Já dançamos trezentas vezes
Numa noite de São João...
Agarrado ao meu amor
vou acendendo este tição.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: