sexta-feira, 2 de setembro de 2011

NÃO, NÃO GRITES!...o tempo pode provar...

O tempo pode provar;
No grito de quem não se ama,
Dois sentidos em conflito,
Se não resolve  com o silencio
Não se resolve sobre a cama.

Amor, não grites não!...
Se tudo é calmo e tão deserto!...
Se tu  gritas estou distante.
Se sussurras bem de mansinho,
Sou teu um amor tão perto!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: