segunda-feira, 19 de setembro de 2011

MULHERES DE MINHA TERRA . vejo-me então diante...


MULHERES DE MINHA TERRA- MONJOLOS-MG

Vejo-me então diante de meu grande apetite de escrever sobre elas, aquelas mulheres tão formosas e tagarelas, lavadeiras de meu rio “Pardim”...esfregando, torcendo,quarando e secando sem fim. De corpos delgados e pele queimada, banhadas  pelo sol e refrescadas  pela água mais limpa de meu planeta. Casadas,solteiras ou simplesmente donzelas! São todas graciosas e cheias de mistérios, com seus sentimentos a flor da pele; o desejo do grito, da presença, do domínio. E nos seus sonhos, o brilho de olhos atentos que aprenderam a ouvir,falar, silenciar,punir,negar, aceitar!  Olhos que representam seu gênio sensível, mas que revelam alma brutalizada e guerreira, capaz de morrer por amor. Olho-as e vejo-lhes o brilho que excede o do divino sol e seus sorrisos são de uma magnitude estelar. Sua graça salta aos olhos de quem vive contando estrelas!... Estou falando das mulheres de Monjolos, as mais belas do mundo.  Mulheres de beleza natural, nativa, mateira, matuta; que vibram, que gritam, mas que murmuram, sussurram, gemem e choram. Estou diante delas nesse assédio que me queima o desejo e cora minhalma, que me vira ao avesso, que me inverte os sentidos e mexe comigo. Mulheres tão diferentes e de desejos tão iguais!...

do livro Poeira e Flor vol I





Um comentário:

  1. Obrigada pela visita em meu blog: www.misturadealegria.blogspot.com e pelas palavras de apoio.

    ResponderExcluir

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: