domingo, 28 de agosto de 2011

NEGA AÇUCENA...talvez ela esteja assim me olhando..

Talvez ela esteja assim me olhando,
apenas brincando, pedindo uma flor...
tambem a brincar sorrindo pra ela,
eu beijo a donzela carente de amor.


Sua graça e beleza vem do paraiso
e que lindo sorriso tem essa mulher;
o corpo esculpido pela natureza,
sua pele negra tem a cor do café.


Os lábios macios tem o doce do mel
 e no corpo,  o cheiro da flor açucena.
Seus seios apontam para o horizonte...
Nem sei mais dizer se é negra ou morena.


Sua graça é de um anjo se queimando ao sol...
No desejo o calor de um grande vulcão
eu vou me queimar nesse fogo ardente,
nas chamas mais quentes dessa paixão.


Minha nega gostosa traz o cheiro da flor;
de um aroma silvestre, me deixa mais louco.
Se doido por ela eu vou vivendo...
ela por mim vai morrendo aos poucos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: