segunda-feira, 4 de julho de 2011

EU TENHO SAUDADES SIM




Saudade da chatice dos catecismos, da minha primeira comunhão, dos provérbios, dos conselhos, meus pés descalços levantando poeira dourada pelas estradas boiadeiras de minha pequena aldeia.  Uma saudade danada de todos aqueles professores que me deram um pouquinho do saber. Saudade daquele tempo em que o professor era uma pessoa estimada, querido pela nossas famílias...respeitado! E quando falava,  nós alunos nos calávamos e o ouvíamos!  Quando cometíamos qualquer indisciplina, nossos pais lhe pediam desculpas , morrendo de vergonha. Estava ele sempre nos pedestais de nossos conceitos e os alunos o respeitavam e muitas vezes o seguiam. Saudade!... Nós o chamávamos pelo primeiro nome acompanhado de senhor e ele nos chamava também pelo nome, passando carinhosamente as mãos em nossas cabeças como um sinal de confiança e superioridade. Sendo que de vez em quando levávamos um bolo, um queijo, um doce de leite que nossas mães mandavam. E hoje? Como são as coisas? Disseram-me que muita coisa mudou e assim sendo vou voltar ao MOBRAL, só pra sentir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: