terça-feira, 14 de junho de 2011

MUITO QUERER...

                                                                                                                                  18

MUITO QUERER

Eu queria apenas ser o dono do teu tempo e de teu espaço, de teu pequeno pedaço, onde por certo habitam as tuas vaidades, tuas emoções e tuas fantasias, reduto de um amor nunca conquistado.
Aproximar-me com a sutileza uma brisa fresca e entrar em teus sentidos; oferecer-te uma canção e vibrar tuas emoções. Atear um fogo brando em teu corpo de menina e aquecê-lo sem parar; entregar-te o paraiso e bailar em teu espaço no esboço de teu sorriso. Encher de sol os teus momentos de princesa e agasalhar-te com as vestes de uma grande paixão. Entregar-te minha vida por testamento num impulso incontido de meu coração tão cansado de esperar!
Coisas que nem consigo entender e que povoam de sonhos o meu espaço com as cores de minhas eternas fantasias, em busca de um sorriso que dê cor aos meus sentidos, enchendo de luz a minha vida, onde há muito não florescem as primaveras que muitos cobiçam!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: