domingo, 5 de junho de 2011

AH SE DEVERAS...



AH SE DEVERAS FOSSE...


AH SE DEVERAS FOSSE E EM TEU OLHAR EU ME ENCONTRASSE!...E O NEGRO RETINTO DE TEUS OLHOS  OS MEUS DESEJOS EXPLORASSE... EM TEU COLO EU PUDESSE ADORMECER! ENTÃO PUDESSE TE CONTAR OS MEUS SEGREDOS, FALAR-TE DE MEU MEDO, ESSE MEDO DE GOSTAR...DE DESEJAR E DE QUERER DEMAIS...MEDO DE NÃO SER FELIZ, MEDO DE NÃO SER CAPAZ DE AMAR, MEDO DE ME MACHUCAR! FALAR DA MINHA FALTA DE TRAQUEJOS ÀS CORDAS DO TEU CORAÇÃO, DOS PERCALÇOS DE MINHAS ILUSÕES, DE MINHAS SAUDADES ANTECIPADAS E DOS MEUS PRIMEIROS CIUMES. AH SE DEVERAS FOSSE!...

por elvécio
do livro POEIRA E FLOR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: Se você não é nosso(a) seguidor(a) e deseja deixar uma mensagem, escolha abaixo "Comentar como ANONIMO" e clique em PUBLICAR.

Escreva seu comentário abaixo: